<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

CRO – Conversion Rate Optimization: o que é e como funciona?

Tiago Soares

PEÇAS IMAGEM PARA BLOGPOST _ CRO_Blog-png

É provável que você já tenha ouvido falar em taxas de conversão, algo que é básico quando o assunto é Marketing Digital. O que talvez ainda não conheça é o Conversion Rate Optimization (CRO), mas não se preocupe, pois, vamos lhe explicar do que se trata! Preparamos este artigo para que você entenda o conceito de CRO e as vantagens que ele pode trazer ao seu negócio. E já adiantamos: para quem busca uma estratégia de Marketing Digital voltada para conversão de leads, o CRO é a ferramenta ideal!

Vamos à leitura? Acompanhe!Newsletter-mkt4edu

O que é CRO?

A sigla corresponde à “Conversion Rate Optimization” e é equivalente à "Otimização da Taxa de Conversão” em português.

Trata-se de um conjunto de técnicas aplicadas em seu site ou landing page com a intenção de transformar o usuário em lead, ou cliente. Quando o visitante executa uma ação esperada na página, seja um download, seja uma compra, pode-se considerar que houve a conversão.

E para que seja possível converter cada vez mais, nada como uma página que conta com meios de otimização. Isso quer dizer que a experiência do usuário em sua jornada do consumidor será amparada por ações de Marketing Digital que visam ao objetivo final: a venda.

É por essa razão que existe o CRO, afinal, a estratégia permite que o índice de conversão de leads para novos clientes seja crescente. 

Qual é a importância do Conversion Rate Optimization?

Imagine que sua instituição de ensino possui um site no qual o potencial aluno tem acesso às informações que procura antes de se matricular. O primeiro ponto a se pensar é que essa página precisa ser visualmente atrativa, concorda?!

Ainda assim, o layout não é o único responsável pela captação de leads e por mapear a jornada do cliente. É indispensável considerar, portanto, qual interação seu site proporciona ao visitante ou, ainda, como é essa experiência.

Seu website leva o visitante até a compra? Quais são, de fato, seus resultados?

A verdade é que não dá para tirar conclusões certeiras sobre o público da sua página baseando-se em palpites. Esse é um dos motivos que leva o Conversion Rate Optimization a ser tão importante, afinal, as estratégias de Marketing Digital são fundamentadas em dados reais.

E sabe o que é melhor? Se a otimização é capaz de elevar suas vendas, consequentemente, melhora, também, o seu retorno sobre investimento (ROI). Isso significa que os gastos investidos no tráfego do seu site não serão em vão.

Além do mais, o CRO pode aumentar seu ticket médio, sabia? Pense da seguinte forma: é mais fácil vender para quem já é seu cliente do que para alguém novo. Sendo assim, pode-se oferecer uma opção de recompra para quando ele se tornar um ex-aluno, como uma pós-graduação ou uma segunda graduação.

Como funciona o CRO?

Agora que já falamos sobre o que é o Conversion Rate Optimization e qual a sua importância, chegou a hora de explicar como funciona essa ação de Marketing Digital.

Uma estratégia de CRO conta com algumas etapas, a fim de se identificar dados e informações que serão úteis para as melhorias necessárias. Feita a interpretação dos dados, o próximo passo é aplicar testes ao website.

Entenda na prática!

Leia também

Estratégia de CRM: uma aplicação essencial para o sucesso de qualquer negócio

Buscar informações

Como mencionamos, uma boa estratégia não pode ser feita a partir de suposições ou observações rasas.

A coleta de dados talvez seja a fase mais demorada do processo, até porque é a base para os próximos passos. E você pode utilizar ferramentas de análise de métricas para observar informações a respeito do comportamento do usuário. Algumas dicas são:

Google Analytics

Você provavelmente conhece o Google Analytics, mas será que entende sua importância para o Conversion Rate Optimization?

A ferramenta fornece métricas relativas ao comportamento, perfil, aquisição e conversão dos visitantes nas suas páginas. Você pode ter acesso a esses dados tanto em tempo real quanto em período personalizado e aplicar diversos filtros para segmentar o que for mais importante na sua análise.

Lucky Orange

Porque o seu site não gera conversões? A resposta para esta pergunta pode ser simples e a ferramenta Lucky Orange tem a resposta para ela.

Por meio de recursos como painel digital em tempo real, mapas dinâmicos de calor, bate-papo interativo, pesquisas de feedback, funis de conversão, gravações de visitantes ao vivo, análise de formulários e insights diários por e-mail é possível descobrir porque 99% dos visitantes do seu site não se tornam clientes.

Hotjar

A Hotjar, por fim, é ideal para quem não domina muito bem as métricas de análise.

Ela oferece informações preciosas sobre o desempenho do seu site no que diz respeito à experiência dos usuários, mas de forma visual. Com a Hotjar você pode descobrir, por exemplo, qual a taxa de rejeição site, quais conteúdos são mais ignorados e como o mouse do usuário se movimenta nas suas páginas. Muito interessante, não?!

Além disso, ela tem recursos que completam os dados que você já pode obter no Google Analytics, o que permite uma avaliação melhor.

Interpretar dados

Com as informações necessárias em mãos, é bom interpretá-las antes de partir para o próximo passo rumo à otimização da conversão.

Procure verificar padrões de comportamento do visitante e suas prováveis causas. Observe os números, mas lembre-se de que se trata dos seus potenciais clientes (ou alunos, no caso).

Criar e aplicar testes

Essa etapa do Conversion Rate Optimization é indispensável! Quer elevar a sua taxa de conversão e processo de vendas? Então, você precisa realizar testes para fazer as mudanças certas e garantir a otimização.

Estamos falando dos testes A/B, que consistem em criar distintas versões da sua landing page para saber qual delas o seu público recepciona melhor.

Mas atenção: as versões devem ser testadas simultaneamente, assim, não há riscos do teste sofrer influência de circunstâncias externas.

Esses são os pilares do CRO, mas como a estratégia funciona na prática? Vamos explicar em três passos.

3 ações práticas do Conversion Rate Optimization

Bora colocar a mão na massa? A seguir, você vai ver alguns dos métodos que podem ser utilizados para ampliar sua taxa de conversão.

1. Qualifique os leads

O que isso significa? Bom, a qualificação de leads consiste, basicamente, em selecionar aqueles que apresentam maiores chances de fechar negócio.

O objetivo é direcionar o atendimento aos leads que têm maior potencial de decisão de compra, evitando a sobrecarga da equipe de vendas.

2. Invista em Chatbots

E por falar em atendimento, trabalhar com inteligência artificial pode ser um ótimo caminho! Os chatbots são programados para prestar assistência ao público, solucionando suas dúvidas e outras demandas que possam surgir.

Dessa maneira, o usuário não encontra dificuldades para ser atendido em sua página, o que é um ponto positivo na sua experiência e eleva as chances de conversão.

3. Use o remarketing

Saiba que o visitante ainda pode lembrar de você mesmo após sair do seu site sem executar a ação esperada. Assim funciona o remarketing: mesmo que a pessoa esteja em outra página ou em uma rede social, ela será lembrada da sua oferta.

Essas são apenas algumas das práticas que podem ser aplicadas em uma estratégia de Conversion Rate Optimization para aprimorar a estratégia de Inbound Marketing.

Se você gostou deste post, inscreva-se na Newsletter e receba nossos conteúdos mais recentes!

Newsletter-mkt4edu

  
Conheça a nossa biblioteca de conteúdos!

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Tecnologias que usamos

O mundo muda o tempo todo e com a tecnologia não é diferente! Aqui na Mkt4Edu, tecnologia está no nosso DNA, trabalhamos com diversos softwares diferentes para fazer todo o processo de automação e inteligência artificial funcionar com mais eficiência e alcançar mais resultados. Aqui, novos softwares são testados o tempo todo. Ferramentas modernas e novas funcionalidades são testadas a todo momento, já foram mais de 200 testes para que você possa ter o melhor resultado na sua instituição.

logotipo-hubspot
ibm
Logo CDI
logotipo-semrush
dialogflow_embarcados
logotipo-surveymonkey
Slack
Vidyard
chatlayer-ai
google-data-studio
ibm cognos
GoogleCloud
Nova call to action

Se ainda precisa de mais informações, deixe o seu contato que um de nossos Consultores fará contato com você!