<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

Como uma visita técnica internacional pode ajudar sua IES

Gustavo Goncalves

Muitos dos que recorrem a uma universidade internacional buscam cursos que ainda não chegaram ao Brasil e um diploma de peso. Mas, essa não é a única possibilidade. Você já pensou em tudo o que é possível conhecer por meio de uma simples visita técnica em universidades conceituadas de outros países?

Um contato como esse pode dar a você a oportunidade de ver de perto quais são, como são aplicadas e quais os resultados das estratégias do marketing educacional internacional. Em outras palavras, isso significa aprender com os grandes, direto da fonte.

Se você achou essa ideia interessante, continue a leitura do post e saiba como visitas desse tipo podem contribuir para que sua instituição de ensino tenha condições de se destacar num mercado cada vez mais competitivo e captar mais alunos!

shutterstock_561776362-2 copy

 

O que é uma visita técnica

Antes de falarmos sobre as possibilidades de conhecimento que uma visita técnica em universidades traz, é importante diferenciar esse tipo contato de uma visita comum.


Como você já deve imaginar, uma visita técnica é mais do que um passeio e isso significa que se trata de uma atividade bem programada entre as partes envolvidas, com o intuito de fazer com que o visitante conheça aspectos importantes do funcionamento de determinada instituição.

Seu principal objetivo é permitir que esse visitante consiga entender, por meio de um contato mais prático, como se dão os processos envolvidos no desenvolvimento e na aplicação de estratégias de marketing e gestão educacional em uma universidade internacional.

Os conhecimentos que uma visita técnica internacional pode trazer

Tudo isso significa que, durante uma visita técnica programada, você pode ter a oportunidade de conversar com membros da equipe de marketing das universidades internacionais e coletar informações importantes sobre suas estratégias de captação de alunos, por exemplo.

Mais do que somente conhecer melhor como é feito o marketing educacional internacional e entender qual o seu impacto na gestão e na conquista de resultados, esse contato dá a você a chance de trocar ideias, apresentar e sanar suas dúvidas.

Essa troca permite conquistar, de forma mais simples e concreta, conhecimentos que podem fazer a diferença para que você se inspire, faça as adaptações necessárias e desenvolva campanhas inovadoras no mercado nacional.

Mas, por que vale a pena aprender com os grandes?

É fácil entender que buscar conhecimentos junto a quem é referência aumenta as suas chances de seguir o mesmo caminho de sucesso. Porém, estamos falando de fazer uma visita técnica em universidades internacionais e cabe explicar porque esse investimento vale a pena.


O mercado da educação superior é cada vez mais competitivo no Brasil. Um dos fatores que leva a isso é o decreto do Ministério da Educação que permite a ampliação do ensino a distância no país. Uma mudança que aumenta a oferta de cursos, podendo tornar o setor ainda mais agressivo no que diz respeito às estratégias de captação de alunos, por exemplo.

Um dos caminhos para conseguir vencer esse desafio é buscar a expertise de quem já atua em um mercado altamente competitivo e se destaca com bons resultados a nível local e global.

Gostou da ideia? Nossa próxima visita técnica é em março de 2018. Não perca, faça sua inscrição agora mesmo!

Clique aqui e conheça nosso novo site em COS Hubspot

Leia também: Funil no marketing educacional: como otimizar o fluxo de oportunidades

  
Guia-do-Marketing-Educacional

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Tecnologias que usamos

Hubspot
logos tech-02
logos tech-03
logos tech-04
logos tech-05
logos tech-06