<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

Como deixar um chatbot inteligente? As 5 melhores dicas!

Cesio Faria

chatbot inteligente

Os Chatbot foram criados e são utilizados para realizar um atendimento cada vez mais rápido e eficiente, dispensando o trabalho manual e, por vezes, demorado. Porém, sendo uma tecnologia, é possível fazer implementações capazes de deixar o chatbot inteligente e cada vez mais adaptado às interações que ocorrem.

Mas para isso, é preciso estar atento a alguns pontos que farão toda a diferença, facilitando o processo e otimizando-o. Para te ajudar a entender qual o próximo passo rumo a um melhor desempenho, trouxemos 5 dicas valiosas de como construir um chatbot mais engenhoso e eficaz. Continue a leitura e confira!

Por que aperfeiçoar a interação humana do Chatbot?

Para essa pergunta, a resposta é simples: quanto mais próximo da interação humana, melhor a recepção dos usuários a esse sistema. Para isso, é preciso capacitar o bot para que ele se torne cada vez mais inteligente e, consequentemente, capaz de realizar melhores ações para excelentes resultados.

Mas o que define um bot como inteligente? É simples: sua capacidade de interação, compreensão e oferecimento de serviços de acordo com as necessidades do usuário. Nada mais é que se tornar apto e especializado para um melhor atendimento e uma melhor comunicação, diminuindo, assim, os ruídos e o distanciamento entre máquinas e humanos.

O que é o machine learning utilizado pelos bots?

O machine learning é, em tradução livre, aprendizado de máquina. Com essa tecnologia, o Chatbot pode fazer o aprendizado não supervisionado, ou seja, é capaz de aprender algo novo em cada atendimento realizado. Para isso, é necessário, apenas, que as interações armazenadas como conjunto de dados sejam direcionadas para o sistema, que fará a análise e, por meio deste, dará início ao autoaperfeiçoamento, otimizando seus próximos contatos tendo como base as experiências anteriores.

Ou seja, os Chatbot já são sistemas inteligentes desde a sua concepção, logo, o que buscamos é apenas otimizar esse serviço para que sejam cada vez menos necessárias as intervenções humanas ou mensuração de resultados, dando autonomia ao bot sem perder o controle. Para fazer parte desse grupo que busca alcançar excelentes resultados agregando valores e serviços a esses softwares, confira o tópico abaixo e não perca nenhuma dica!

5 dicas para deixar seu chatbot mais eficiente e inteligente!

Apesar de importantes, deixar o seu Chatbot mais inteligente não é uma tarefa tão complexa, exige dedicação e investimento em sistemas que podem aperfeiçoar o bot, mas, sem dúvidas, é algo com retorno garantido, já que o Chatbot pode aumentar a conversão e nutrir os leads de maneira eficiente.

Confira 5 dicas infalíveis para alcançar seus objetivos!

Veja também:

 

Nova call to action

Crie uma persona para nortear a criação do Chatbot

Assim como todo produto de marketing criado, para se ter resultados com um feito, como criar um chatbot inteligente, é fundamental basear-se em dados e informações existentes sobre o público para entender o perfil ideal e, então, ter em mãos uma persona adequada.

Sabendo disso, colete o máximo de informações relevantes para adequar o tom de voz do robô. Assim, a linguagem, os termos e mesmo a comunicação serão elaborados de maneira mais clara, de acordo com o perfil definido. Por exemplo: um chatbot para um site de games não pode ser o mesmo utilizado para falar com profissionais do mundo jurídico. Isso acontece por se tratar de comportamentos e objetivos distintos.

Crie interações personalizadas com Natural Language Processing

O Natural Language Processing (NPL) ou Processamento de Linguagem Natural é o elemento essencial para quem busca uma comunicação mais fluida, isso porque ele é capaz de mesclar Inteligência Artificial, Linguística e Ciências da Computação para criar uma ferramenta capaz de analisar as linguagens faladas e escritas dos humanos e possibilitar que a máquina entenda a mensagem, independentemente da forma como foi dita.

Essa funcionalidade é alcançada nos bots principalmente para aperfeiçoar a comunicação, tornando-a mais simples e intuitiva para ambos os lados.

Para otimizar ainda mais esse tipo de feito, já existem aplicativos e ferramentas capazes de complementar o conhecimento e deixar tudo ainda mais fluido e entendível para o usuário. 

Uma maneira de realizar uma integração eficiente é utilizar a NPL DialogueFlow nos bots desenvolvidos para aperfeiçoar a linguagem e atendimento.

Faça do FAQ o seu melhor amigo!

Para nortear a construção do bot de acordo com o ramo/serviço, fique atento às Frequently Asked Questions (FAQ), conhecidas como perguntas frequentes, em português. Apesar de ser uma dica simples, essa pode ser uma maneira eficiente de alinhar o tipo de conversa que o sistema pode facilmente resolver. 

Sendo assim, atente-se a deixar respostas esclarecidas ao construir o fluxo de comunicação para os usuários. O objetivo do Chatbot é facilitar o atendimento ao cliente, logo, nada mais inteligente que conseguir antever seus questionamentos ao sistema.

Realize testes A/B para entender o desempenho do bot

A melhor maneira de desenvolver um chatbot operacional e aprimorado é fazer implementações e realizar testes para medir a sua eficiência e performance. É algo lógico, mas necessário para lembrar que o aprendizado por reforço é sempre um caminho seguro para mineração de dados e entendimento do sistema de acordo com o olhar do público.

Ao tomar decisões, aplique testes A/B para ter o resultado prático de qual dos dois está funcionando melhor.

Chatbot: Inteligência Artificial!

Mesmo sendo um sistema avançado, para que o Chatbot funcione com todo seu potencial, utilizar softwares de Inteligência Artificial (chatbot) que buscam entender e simular o cérebro humano é algo indispensável. É com esse sistema que o bot poderá tomar decisões sem a intervenção humana, além disso, poderá criar uma base organizada e analisar dados para serem utilizados pela equipe ou, até mesmo, para a sua retroalimentação.

A IA veio para ficar e agregar ainda mais valor, dessa forma, o chatbot pode ser cada vez mais assertivo e inteligente.

Chegou a hora de colocar tudo em prática!

Seguindo todas as dicas acima, o aprendizado de máquina do seu Chatbot trará os resultados que tanto busca! Para aqueles que querem ser destaque no meio em que estão inseridos oferecendo um serviço diferenciado e de qualidade, é indispensável que tudo seja colocado em prática com atenção e qualidade.


Agora que você já compreendeu a importância e sabe como realizar essas ações de aprimoramento, que tal entender mais sobre a conexão com o seus leads e visitantes do site? Para isso, confira nosso post sobre como fazer chatbot otimizar o atendimento ao cliente” e mergulhe mais a fundo, até o domínio total do assunto! Acesse já!

Como o chatbot pode otimizar o  atendimento ao cliente?

  

CONHEÇA
A NOSSA
BIBLIOTECA
DE CONTEÚDOS

 

CTA-PEÇAS-BIBLIOTECA-DE-CONTEÚDO_Vertical

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Saiba mais sobre nós

Tecnologias

O mundo muda o tempo todo e com a tecnologia não é diferente! Aqui na Mkt4Edu, tecnologia está no nosso DNA, trabalhamos com diversos softwares diferentes para fazer todo o processo de automação e inteligência artificial funcionar com mais eficiência e alcançar mais resultados. Aqui, novos softwares são testados o tempo todo. Ferramentas modernas e novas funcionalidades são testadas a todo momento, já foram mais de 200 testes para que você possa ter o melhor resultado na sua instituição.

saiba mais

 

hubspot-01
IBM Watson-01
Conversation Design-01
Semrush-01
Dialogflow-01
Survey monkey-01
new-slack-logo-01
Vidyard-01
Chatlayer-01
google-data-studio-01
IBM Cognos -01
Google Cloud-01
Nova call to action

Se ainda precisa de mais informações, deixe o seu contato que um de nossos Consultores fará contato com você!