<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

Data science na estratégia de marketing: 5 razões para utilizar!

Guillermo Tângari

Data Science

Em uma área tão orientada a resultados como é o marketing, tomar decisões baseadas em achismos, com certeza, não é a melhor forma de dar prosseguimento a um planejamento estratégico.

Contudo, com a revolução digital em pleno curso, novas tecnologias têm se mostrado cada vez mais pontuais e eficientes, principalmente em se tratando dos campos de inteligência de negócios e Data Science, que buscam, justamente, utilizar-se de uma metodologia de geração, coleta e análise de dados para munir uma empresa com informações substanciais, que podem, realmente, fazer a diferença na execução de um projeto. 

Mas antes de nos aprofundarmos mais na importância dessas áreas, principalmente a segunda, vamos fazer uma breve diferenciação entre elas.

Conheça a nossa Biblioteca de Conteúdos. Saiba mais!

Inteligência de negócios e Data Science: qual a diferença?

Na teoria, ambas as áreas são bem similares, trazendo muitos conceitos alinhados e cujo objetivo principal é fornecer insights obtidos por meio de dados brutos e entregá-los aos líderes, gestores e tomadores de decisões, a fim de que possam alcançar melhores resultados em suas posições.

A sutil diferença entre os dois campos, no entanto, dá-se por conta da forma como os dados são utilizados, em que a inteligência de negócios (Business Intelligence) faz uso de ferramentas que interpretam dados passados e atuais para a previsão de episódios futuros dentro de uma perspectiva de curto a médio prazo, enquanto que a Data Science (Ciência de Dados) é uma metodologia de processos multidisciplinares, que aplica modelos matemáticos e/ou estatísticos para definir previsões acerca de resultados futuros em uma perspectiva de longo prazo.

Como toda ciência, a Data Science formula hipóteses e roda testes a fim de buscar evidências que corroborem — ou não — essas formulações, bem como tragam a um negócio novas maneiras de enxergar detalhes e cenários que se relacionam diretamente com todos os seus stakeholders, apresentando um nível ainda maior de consistência e poder de revolucionar operações.

Se você consegue visualizar a Data Science como uma forte aliada na sua estratégia de marketing digital, ótimo, porque ela realmente pode ser. Mas se esse assunto ainda não está muito claro para você, confira algumas das razões para começar a apostar nessa ferramenta!

As razões para utilizar a Data Science junto ao marketing

A relação entre essas duas já está dando o que falar, mas não fique incomodado se ainda não conseguiu entendê-la inteiramente. Isso porque, de acordo com uma pesquisa de 2018 da “Harvard Business Review, “80% dos líderes empresariais mundiais acreditam que a revolução digital é uma grande oportunidade de mudar, mas atestam não ter um plano exequível para realizar essa etapa da jornada”.

Portanto, é natural que dentro do cenário do marketing no Brasil, as duas áreas ainda não estejam alinhadas.

Para mudar essa situação e agregar um pouco mais ao seu entendimento, conheça, agora, algumas das razões para unir a Data Science ao marketing:

1. Melhora na captação de clientes

Ao utilizar a Data Science, é possível ter um melhor entendimento acerca de como direcionar esforços às estratégias de marketing mais coerentes graças à construção de algoritmos inteligentes que o municiam com conteúdos essenciais e direcionam a melhor ação.

Assim, possuindo o que há de melhor em recursos e informações, a captação de clientes se torna muito mais otimizada, com foco na identificação e na conversão de leads qualificados para compra dentro da etapa do funil de vendas.

2. Agilidade no acompanhamento de resultados

Com a Data Science, é possível ganhar agilidade no acompanhamento de dashboards, com resultados em tempo real, otimizando a velocidade no tempo da informação e na sua transparência, além de decisões mais assertivas e precisas. 

3. Melhor direcionamento de ações

Não possuir fontes de dados ágeis e confiáveis é, basicamente, navegar sem bússola. Sem as premissas corretas, as decisões tornam-se mais lentas e imprecisas.

Sem painéis de resultados, a obtenção de informações se mantém dependente de um número maior de pessoas para chegar ao seu destino.

Leia também:

Data driven marketing aplicado a Instituições Ensino Superior

4. Maior retenção de clientes

Independentemente do ramo da sua empresa, abastecer-se de informações pontuais a respeito dos seus clientes e ter a capacidade de convertê-las em ações específicas pode ser um ponto de virada para o seu negócio na hora de manter esses consumidores satisfeitos e promover a retenção e a fidelização dos mesmos.

5. Melhoramento de processos

Os profissionais que trabalham com Data Science, os cientistas de dados, devem possuir um conhecimento holístico acerca dos negócios da empresa e dos cenários que a cercam. Dessa forma, ao executarem testes por meio de modelos matemáticos, podem identificar oportunidades e questionar métodos e processos então utilizados, visando à otimização dos mesmos.

O que a Data Science pode fazer pelo seu negócio?

Além de entender algumas das razões pelas quais a Data Science tem se tornado fundamental para as estratégias de marketing de um negócio, confira, também, tudo que ela pode fazer por ele.

Cálculo de metas

Analisa dados anteriores para estimar as metas de contatos necessários para se chegar à meta estabelecida mensurando o tempo de maturação entre ser um contato e se tornar um cliente fazendo um cálculo de conversão entre uma fase e outra da jornada de compra.

Cálculo de conversão

Traz detalhes da conversão de contatos em clientes e alinha quais padrões os leads seguem, otimizando o orçamento e direcionando investimentos para campanhas assertivas.

Produção de relatórios numéricos

Traduz os resultados por meio do uso de gráficos e imagens, facilitando o entendimento dos números e ajudando os pontos focais a mostrar os resultados de forma rápida a todos os stakeholders.

Construção de lógica

Analisar o comportamento dos números e a associação a outras variáveis ambientais para otimizar o uso dos recursos e entregar melhores possibilidades de atuação e reformulação de cenários.

Construção de Dashboards personalizados

Os dashboards são personalizados com informações importantes para o negócio. Assim, você pode ter, de forma centralizada, análises reunidas para uma melhor visualização acerca do que foi extraído dos dados.

Conclusão

Dito isso, já deu pra perceber que utilizar a Data Science como parte de uma estratégia de Marketing Digital se mostra uma opção valiosa para a obtenção de melhores resultados, não é mesmo? Seja para entender melhor uma jornada de compra, seja para obter melhores insights a respeito da experiência do usuário, essa metodologia promete entregar melhorias dentro dos processos de um negócio permanentemente.

Se você tem interesse em contar com essa tecnologia, a Mkt4edu é especialista na implementação e execução de estratégias de Data Science. Que tal marcar uma conversa a respeito? Clique no botão para entrar em contato!

QUERO ENTRAR EM CONTATO!

  
Conheça a nossa biblioteca de conteúdos!

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Tecnologias que usamos

O mundo muda o tempo todo e com a tecnologia não é diferente! Aqui na Mkt4Edu, tecnologia está no nosso DNA, trabalhamos com diversos softwares diferentes para fazer todo o processo de automação e inteligência artificial funcionar com mais eficiência e alcançar mais resultados. Aqui, novos softwares são testados o tempo todo. Ferramentas modernas e novas funcionalidades são testadas a todo momento, já foram mais de 200 testes para que você possa ter o melhor resultado na sua instituição.

logotipo-hubspot
ibm
Logo CDI
logotipo-semrush
dialogflow_embarcados
logotipo-surveymonkey
Slack
Vidyard
chatlayer-ai
google-data-studio
ibm cognos
GoogleCloud
Nova call to action

Se ainda precisa de mais informações, deixe o seu contato que um de nossos Consultores fará contato com você!