<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

5 maneiras de atrair o público correto para seus cursos EAD

Gustavo Goncalves

O ensino a distância cresce em ritmo acelerado no país. Para aproveitar a popularidade dos cursos EAD, uma instituição precisa saber que há diferenças entre quem busca o ensino presencial e quem busca o ensino a distância para conseguir atrair o público correto.

Somado a isso, a ampla oferta de cursos torna ainda mais necessário que uma instituição domine técnicas de atração focadas no público estudantil que, de fato, seja formado por alunos em potencial.

Quer saber mais sobre esse assunto? Continue a leitura do post e conheça 5 maneiras de atrair o público correto para o seu EAD:

shutterstock_652595083

 

1. Seja presença ativa no ambiente digital

Uma das formas de atrair o público correto para um curso EAD é mostrar que sua instituição domina o ambiente digital e, portanto, vai oferecer uma experiência de qualidade.

Essa presença ativa significa, dentre outros fatores: ter um site responsivo, leve e com layout agradável; ter um blog atualizado; oferecer formas de contato e respostas rápidas via chat, e-mail ou mensagens; ter perfis atualizados e que interajam com o público nas redes sociais.

2. Conheça bem seu público e defina personas

Há diferenças entre o público estudantil dos cursos presenciais e o dos cursos EAD. O censo realizado pela ABED em 2016 indica que a maioria dos que estudam on-line já estão no mercado de trabalho e buscam aperfeiçoamento profissional. Por isso, sua faixa etária principal está entre 26 e 30 anos e 31 e 40 anos.

Considerar esses e outros fatores, como a afinidade com recursos tecnológicos e com as linguagens do digital é fundamental para traçar o perfil certo e definir personas adequadas para estratégias assertivas para atrair o público correto.

3. Aposte em um processo de inscrição simples e claro

O público estudantil que se interessa por cursos EAD valoriza a praticidade que o digital oferece. Por isso, é importante que a instituição de ensino corresponda a essa expectativa em todos os contatos.

Antes de apresentar uma plataforma de ensino intuitiva, por exemplo, é preciso se certificar de que o processo de inscrição (bem como o de solução de dúvidas e resolução de problemas para a matrícula) seja simples, claro e aproveite as facilidades do digital.  

4. Saiba qual o momento perfeito para divulgar seus cursos

Há cursos EAD que são oferecidos ao longo de todo o ano e que não demandam que os interessados aguardem a abertura de novas turmas. Mesmo nesses casos, é importante aproveitar os momentos que sejam mais propícios para a captação de alunos.

A coleta de dados e análise do comportamento do público estudantil permite que a instituição identifique se a procura por cursos EAD aumenta em decorrência das resoluções de ano novo ou se a demanda por um curso rápido é maior em um típico período de férias, por exemplo.

5. Invista nos conteúdos certos

O conteúdo é a base da educação a distância e, também, uma estratégia de marketing de sucesso para a atração e captação de alunos.

Cursos EAD fazem amplo uso de vídeos para a transmissão de aulas e apostar nesse mesmo formato é uma maneira interessante de separar potenciais alunos da educação a distância daqueles que querem dar continuidade aos estudos, mas não se adequam à essa modalidade.

Gostou do post? Então aproveite para saber como os dashboards de controle podem auxiliar na sua tomada de decisão!

Baixe aqui o e-book: TENDÊNCIAS DE MARKETING

 

  
Guia-do-Marketing-Educacional

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Tecnologias que usamos

logos tech-01
logos tech-02
logos tech-03
logos tech-04
logos tech-05
logos tech-06