<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

Startups brasileiras e suas Inovações no setor educacional - Mkt4edu

Martha Victoria

Startups Brasileiras

O número de startups brasileiras segue em crescimento exponencial. Cada vez mais, empreendedores surgem com a ideia de trazer inovações tecnológicas para o mercado nacional. O crescimento é visto principalmente nas áreas de tecnologia e inovação, mas na educação - ou em junção com a educação - também tem sido presente.

Antes de entender as inovações educacionais que as startups têm se proposto a apresentar em nosso país, vamos entender rapidamente o que significa o termo startup e como são caracterizadas as empresas que levam esse "título".

O que você vê neste post:

Conheça agora o surgimento do termo startup e como as empresas assim denominadas têm mudado o cenário de empreendedorismo e inovação no Brasil.

O Conceito de Startup

Apesar de estar sendo usado mais frequentemente nos últimos anos, o termo startup já está no mercado há muito tempo. O conceito vem do inglês "começar" e traz uma ideia de "emergente". 

Nasceu nos anos 70, aparecendo pela primeira vez na revista Forbes e se popularizou nos anos 90 devido à chegada da internet em grande escala.

Mas, afinal de contas, o que é uma startup? O conceito de startups é, nada mais, do que: empresas que buscam e prometem inovação em modelos de negócios, serviços e produtos.

Independente do tamanho - muitos acreditam erroneamente que startup condiz apenas a pequenas empresas - a ideia aqui é trazer algo que o mercado ainda não tenha, que seja disruptivo e diferente.

Como dito antes, o número de startups tem crescido exponencialmente. Conforme uma pesquisa feita em julho de 2022, só no Brasil há mais de 11 mil startups ativas, sendo 28% startups de tecnologia.

Em educação, outra pesquisa de 2022 mostra que o crescimento das chamadas edtechs foi de 26%, chegando a quase 600 startups ativas nesse ramo.

Startups inovadoras que deram certo

Dos últimos anos pra cá (leia-se a partir de 2012, quando surgiu o 1º boom de inovação no Brasil), diversas startups tornaram-se unicórnio brasileiras, ou seja, alcançaram a marca de R$ 1bi de faturamento. 

É provável que você já tenha ouvido falar em algumas delas, entre a lista, você encontra a 99, o Nubank, o Quinto Andar e o Descomplica - que inclusive faz parte do time de clientes da mkt4edu.

Quando falamos dessas startups, a ideia de ter novas tecnologias em seus modelos de negócios é visível e explícita em relação a outras empresas. As pessoas enxergam o diferencial inovador das organizações em todo o seu tipo de entrega, seja em produtos ou serviços.

Já que o foco deste post é trazer à tona as inovações educacionais, vamos usar o Descomplica como exemplo aqui.

O Case: Descomplica

Nascendo com um jeito diferente de "cursinho pré-vestibular", o Descomplica é uma startup que trouxe um modelo novo de estudo-aprendizagem. Em uma mistura de on-demand, assincronia e onde a autonomia do aluno é o que dita as regras, a empresa conseguiu reestruturar o modelo de sala de aula EaD.

O crescimento foi absurdo - e não só em se tratando de faturamento. O Descomplica aumentou seu leque de serviço, com opções de graduação e pós, tornando-se uma opção plausível, viável e extremamente prática para quem precisa adequar os estudos à rotina e tem o desejo de se aperfeiçoar profissionalmente.

E por que não vemos essa ideia inovadora tão em alta no universo educacional? Como podemos ser parte da mudança e trazer mais inovação na educação? É o que vamos discutir a seguir, continue a leitura!

Startups em Educação: Ideias de como inovar

Antes de mais nada, é necessário entender o que está em jogo. Para inovar, é preciso "ajeitar a casa", entender o que está sendo oferecido, qual o público que deseja alcançar e qual o encaixe perfeito no universo educacional.

Aplicar ferramentas de inovação, como o design thinking, é essencial neste processo. Design Thinking é um método de organização de pensamento crítico e criativo que visa encontrar as melhores soluções para os desejos e necessidades dos consumidores.

Outros possíveis pontos importantes são: entender onde o orçamento faz sentido ser investido e usar como exemplo o que está dando certo em outras startups.

Estas são apenas algumas das possíveis boas práticas que uma empresa pode adotar para buscar esse progresso rumo à inovação. 

E, se você acredita que até aqui está sendo muita teoria, confira abaixo como a mkt4edu conseguiu, em seis startups de educação, uma maneira de fazê-las serem mais inovadoras no mercado.

Veja também:

Metodologias que geram resultado

Como abordagem prática para ajudar startups a crescer no mercado educacional, a mkt4edu usou um conceito bastante moderno, o IMN, ou "Inovações em Modelos de Negócio", que consiste em três vertentes: criação de valor; proposição de valor e captura de valor. 

Das três, desenvolvemos mais a primeira delas, principalmente para você entender como "começar do começo". Confira abaixo um resumo das três vertentes que foram aplicadas na pesquisa.

Construindo criação de valor

As práticas a seguir são apenas algumas que podem auxiliar você nessa criação:

  • Desenvolvimento de novas capacidades e competências, de novos produtos, serviços e soluções;
  • Aplicação de novas tecnologias;
  • Criação de novos processos e atividades de conexão entre tarefas e times;
  • Busca por novas parcerias, sejam elas fornecedores, clientes e, até mesmo, concorrentes que possam auxiliar nesse processo de inovação.

Inovação na criação de valor: como fizemos

Na pesquisa feita pela mkt4edu, algumas técnicas e atividades foram usadas para aflorar a ideia de criação de valor. O objetivo foi mostrar às startups que é possível mudar o mindset da empresa com o que você já tem em mãos. Inovar de dentro para fora. 

Começando internamente para depois expandir isso aos clientes e potenciais clientes. O processo de construir essa inovação na criação de valor foi feito em quatro etapas:

  1. Treinamento dos funcionários e novas competências;
  2. Compreensão da necessidade de recursos técnicos;
  3. Introdução a novos processos;
  4. Norteamento em relação a novas parcerias.

Construindo proposição de valor

Pensando em proposição, os métodos já evoluem um pouco mais, são mais diretos e concisos. Entre eles:

  • Criação de novas ofertas para solucionar problemas ou satisfazer as necessidades dos clientes de uma forma mais abrangente e específica;
  • Redefinição de personas, mercado e público alvo para alcançar novos clientes;
  • Busca por novos canais de comunicação e formas de relacionamento por meio da mudança de divulgação de produtos e serviços.

Construindo captura de valor

Por último, mas não menos importante, o que pode ser feito para capturar o valor de sua startup. Aqui, já é englobado questões financeiras, de custo, receita e investimentos.

A ideia da captura de valor é saber manejar e remanejar gastos a fim de poder investir financeiramente no IMN de maneira mais concreta. A terceira vertente é regida pelas seguintes perguntas-chave: "Quanto eu vou gastar na inovação da minha startup? E em quê?".

Falando um pouco mais sobre metodologias, propriamente ditas, a mkt4edu fez o "básico que funciona": análise de dados, entrevistas e pesquisa minuciosa na documentação. E esse é o primeiro passo para que a inovação aconteça. É um processo de natureza: Cavar, plantar e podar para fazer crescer.

Como método, esses três pontos foram essenciais para entender as necessidades, os acertos e as falhas de cada uma das startups. 

Aqui foi feito - e no seu caso, pode ser feito - um estudo contextual e conceitual. O que a empresa deseja e o que está realmente acontecendo? Onde queremos chegar e onde estamos agora?

Metodologias são norteadoras de resultado, guias para direcionar assertivamente e auxiliam no conceito IMN. E, voltando ao conceito de Inovações do Modelo de Negócio, como dito anteriormente, vamos mostrar na prática como criar valor na sua startup.

Hora da prática. Se você chegou até aqui e entendeu que sua startup precisa de estratégias de inovação, é por aqui que você começa: aplicando as vertentes do conceito IMN. É preciso entender e compreender as necessidades da sua startup e como ela pode começar no processo de inovação.

É também necessário ter em mente que o setor educacional no Brasil é ainda conservador em se tratando de modelo de negócio. 

Para lidar com isso, é preciso estar claro em relação aos passos a serem seguidos e compreender que "não dá para abraçar o mundo". Soluções implantadas à medida da necessidade do mercado podem ser uma boa estratégia.

Contar com um time de especialistas também pode ajudar - e muito. Na mkt4edu, somos experts em todo processo de captação, retenção e inovação no setor educacional. 

No link abaixo, você confere o artigo completo com a pesquisa mencionada neste blog e verá como, de fato, implantamos tudo o que foi abordado aqui em seis diferentes startups.

Pronto para ver na prática e contar conosco para inovar a sua empresa?

Este conteúdo é fruto de um artigo publicado por autores da Mkt4Edu.

Startups brasileiras e suas Inovações no setor educacional

  
CONHEÇA A NOSSA BIBLIOTECA DE CONTEÚDOS
 
CTA-PEÇAS-BIBLIOTECA-DE-CONTEÚDO_Vertical

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Saiba mais sobre nós

Tecnologias que usamos

O mundo muda o tempo todo e com a tecnologia não é diferente! Aqui na Mkt4Edu, tecnologia está no nosso DNA, trabalhamos com diversos softwares diferentes para fazer todo o processo de automação e inteligência artificial funcionar com mais eficiência e alcançar mais resultados.

Aqui, novos softwares são testados o tempo todo. Ferramentas modernas e novas funcionalidades são testadas a todo momento, já foram mais de 200 testes para que você possa ter o melhor resultado na sua instituição.

Biblioteca de Conteúdos

EBOOK-MOCKUP-SEM-SOMBRA_Hubspot-Manual-das-principais-funcionalidades-da-plataforma
HubSpot: manual das principais funcionalidades da plataforma
 
Entenda como uma das ferramentas mais conhecidas no mundo e autodenominada "poderosa, mas não opressora" pode te ajudar a otimizar tempo com atividades manuais e fazer com que o seu time preste atenção naquilo que realmente importa: o cliente.
EBOOK-MOCKUP-SEM-SOMBRA_Inteligência-Artificial
Inteligência Artificial: A transformação do Marketing Digital na educação
 
Veja como a tecnologia impacta diretamente nas estratégias e resultados do Marketing Digital!
EBOOK-MOCKUP-SEM-SOMBRA_Branding-Educacional - como-construir-uma-marca-de-valor
Branding educacional: como construir uma marca de valor?
 
Não perca mais tempo dentro da sua instituição de ensino e saiba como apresentar seus diferenciais para construir uma marca de valor no mercado educacional.

Se ainda precisa de mais informações, deixe o seu contato que um de nossos Consultores fará contato com você!