<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

Melhores práticas de web design e UX para instituições de ensino

Guillermo Tângari

Conheça as melhores práticas de web design e User Experience para websites de instituições de ensino para consolidar estratégias de marketing digital.

Preocupar-se com a experiência de um usuário ou aluno ao navegar no website de  uma universidade já não é mais tido como um diferencial, é praticamente uma obrigação. Melhore a visibilidade da marca, atraia mais visitantes e aumente suas conversões com o artigo de hoje.

A importância da UX para sites de ensino superior

Ao desenvolver um novo website, a experiência do usuário deve ser uma prioridade para que a navegação seja agradável e diferenciada, permitindo que o usuário continue se relacionando com a instituição de ensino.  

Ao ter o foco no seu cliente, a UX fará com que seus usuários e alunos sintam-se bem sempre. Naturalmente, integrando a experiência do usuário ao seu negócio, seus alunos se sentirão mais receptivos, disseminando seus momentos positivos com a marca para as pessoas ao seu redor.

Vale destacar que user experience e web design devem andar juntos para que o sucesso do website da instituição de ensino seja completo.

melhores-praticas-mkt

Quais são as práticas essenciais de UX e Web design para aplicar num website?

Até agora, falamos sobre a importância e como utilizar de UX e web design para um negócio. Para facilitar, mencionaremos algumas atitudes que são primordiais para serem aplicadas imediatamente.

1. Responsividade em primeiro lugar

Com a ascensão de smartphones, desde 2015, o acesso pela internet através de dispositivos mobile superou o desktop. Por isso que se tornou obrigatório que seu website esteja adaptado para funcionar corretamente em telas menores. É através da responsividade que a experiência do usuário será ideal em dispositivos mobile. Além disso, o principal mecanismo de buscas do mundo, o Google, também é influenciado na hora da busca – estar compatível com smartphones e tablets impacta de forma positiva nos fatores de posicionamento em buscas do Google.  

A partir dos índices de crescimento do acesso via smartphones, surge o termo mobile first, com projetos web desenvolvidos inicialmente para dispositivos móveis e posteriormente, com adaptações para desktop e demais plataformas. Já em 2018, o Google anunciou que a indexação e ranqueamento nas buscas dariam prioridade para sites mobile first.

Através de uma equipe de especialistas no tema, será possível transformar o website da sua instituição de ensino responsivo, otimizado e pronto para converter.

2. Design minimalista e funcional

Pensar estrategicamente na harmonia das cores, fontes e organização das informações e responsividade das páginas contribuirá de forma direta para a melhora da percepção de valor de um produto ou serviço.

Quanto mais simples, direta e rápida for a navegação do website, menor será a frustração do usuário. Assim, dados como contato, campo de busca, botões de redes sociais, devem ser de fácil acesso.

Hoje, existem ferramentas online disponíveis para analisar o conteúdo de uma página da web e gera sugestões para melhorar a usabilidade da navegação. O Page Speed Insghts do Google é uma alternativa grátis que apresenta uma série de mudanças que podem ser praticadas para melhorar a UX do website. Já na versão paga, umas das mais famosas ferramentas no universo do marketing é a Lucky Orange, que cria mapa de calor do seu website e permite observar o comportamento do seu usuário até em tempo real.

3. Clareza das informações

Oferecer uma linguagem clara e direta manterá os visitantes engajados, sem gerar confusão durante a navegação. Vale destacar que a linguagem clara vai além do conteúdo. A distribuição dos elementos visuais no layout da página deve ser objetiva para que o visitante compreenda quais ações estão à sua disposição no website.

4. Atenção aos CTAs

A chamada para ação ou CTA pode ser compreendida como uma mensagem, um link ou botão que direcione o usuário para a tomada de decisão na navegação, facilitando ou indicando ao usuário o que pode ser feito.

Não esqueça de utilizar call to actions voltadas para a assinatura de newsletters da instituição de ensino ou para inscrição de conteúdos exclusivos. Trata-se de uma forma para captar os dados do usuário para conversões futuras.

Agora que você compreendeu quais sãos as melhores maneiras e práticas para melhorar a UX e o Website de uma instituição de ensino, coloque-as em prática imediatamente através do contato com profissionais especialistas em branding educacional. Saiba mais aqui.

 

eBook da MKT4EDU 'Guia definitivo de Inbound Sales para instituicoes de ensino'

 

  
Guia-do-Marketing-Educacional

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Tecnologias que usamos

logos tech-01
logos tech-02
logos tech-03
logos tech-04
logos tech-05
logos tech-06