<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

Funil no marketing educacional: como otimizar o fluxo de oportunidades

Guillermo Tângari

 

Então você identificou quais as necessidades das suas personas em cada etapa do funil de vendas na educação, criou estratégias de captação e conversão, mas ainda não viu resultados efetivos?

Seu funil de vendas para instituições de ensino pode estar precisando de um up! E é por isso que resolvemos escrever este conteúdo: para ensiná-lo a otimizar suas oportunidades!

 Untitled design-01

Como otimizar o funil de vendas no topo

O topo do funil de vendas é onde os leads chegam após o primeiro contato com a sua empresa. Alguns podem vir mais conscientes sobre o que querem, outros nem tanto. Oferecer qualquer tipo de solução neste momento é como tentar acertar um alvo com os olhos vendados (sem treino anterior).

Para saber como otimizar o funil de vendas nessa etapa, comece por avaliar quais são os tipos de conteúdo com melhor performance no seu site: apresentação de cursos, artigos de blog ou notícias, por exemplo. O formato também deve ser observado: vídeos, textos ou imagens?

Com base nas suas descobertas, comece a transformar o conteúdo do seu site. Um blog post pode se tornar um infográfico ou um vídeo; uma entrevista gravada, por sua vez, pode se tornar um conteúdo textual.
Dessa forma, você garante que todos os perfis de pessoas entrem em contato com seu conteúdo, otimizando o tráfego de visitantes.

E no meio, como otimizar o funil de vendas?

No meio do funil de vendas na educação, o seu objetivo é transformar o lead em matriculado. O grande desafio é manter a atenção do lead na sua instituição e evitar que ele se entregue ao chamariz de um concorrente.
Aqui, o importante é saber quais conteúdos ricos convertem mais. Se você criou e-books de curso, quais deles são mais baixados? Dos vídeos compartilhados no YouTube, quais tiveram mais acessos?

Além disso, busque saber os motivos da não conversão. Se um e-book não teve uma boa taxa de downloads, por exemplo, você pode avaliar a qualidade da sua landing page. A chamada é atrativa? Ela está otimizada com técnicas de SEO? O visual dela prende a atenção?

Ferramentas como Crazy Egg e Lucky Orange ajudam a compreender os pontos de maior atenção de uma página, assim como os mais obscuros. Dessa maneira, você pode otimizar suas landing pages para obter melhores resultados.

Otimizar o fim do funil: como fazer?

Você pode converter um desconhecido em lead e um lead em prospect. Mas nem assim é garantia de converter esse aluno. Na maioria das vezes, o que percebemos é decaída no número de interações após a primeira conversão.

E isso se deve a diversos fatores, desde conteúdos que não estão alinhados com os interesses do lead até o título que você usa em um e-mail marketing. Podemos ir além: suas personas, assim como todo o seu planejamento, podem estar equivocados.

Nesse sentido, o que faz toda a diferença para otimizar o funil de vendas para instituições de ensino é ter um monitoramento de dados perfeito, ou seja, acompanhar cada indicador de performance diariamente e ir ajustando sua estratégia para maximizar o retorno sobre o investimento.

  
Guia-do-Marketing-Educacional

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Tecnologias que usamos

Hubspot
logos tech-02
logos tech-03
logos tech-04
logos tech-05
logos tech-06