<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

6 dicas para melhorar a retenção de alunos nas instituições

Gustavo Goncalves

Retenção de alunos: Grupo de alunos felizes dentro de ambiente universitário

Como os impactos da captação de estudantes são muito grandes, inevitavelmente as Instituições de Ensino (IE) investem grande parte do seu tempo e recursos nesse processo. Entretanto, o Marketing Educacional não serve apenas para isso.

Além de atrair as pessoas para sua IE, sua equipe precisa ter o cuidado de criar ações voltadas para os estudantes que já estão matriculados. Esse processo de retenção de alunos nas instituições é importante e pode ser a diferença entre uma sala cheia ou vazia nos últimos períodos dos cursos.

Por isso, listamos algumas das melhores práticas de retenção de alunos nas IE. Confira!

1. Conheça seus estudantes

Como regra para qualquer ação do Marketing Educacional, conhecer a sua persona (um personagem fictício que representa seus alunos reais) vai garantir que todas as ações feitas sejam bem direcionadas.

Afinal de contas, quando pensamos em retenção de alunos, na verdade estamos falando da personalização da experiência deles com a sua marca educacional e da aproximação no relacionamento.

Quando você está começando uma amizade com alguém, por exemplo, como são as primeiras conversas? Normalmente perguntamos quais são as atividades preferidas da pessoa, o que ela gosta de fazer no tempo livre, com  que trabalha e qual bebida ela costuma tomar. Em um primeiro momento tentamos conhecer a pessoa, para só depois investir em alguma tentativa de amizade.

A ideia é a mesma com os alunos, a diferença é que a marca é quem assume o papel de entender as pessoas, agradá-las e conquistá-las.

2. Crie um plano de ação para os alunos retidos

Antes de continuarmos com as dicas, é importante falar de um público importante: os alunos que já são retidos pela sua IE. Ao longo dos semestres, sua persona pode ser atualizada, mas sempre precisamos tomar conta dessa pessoa que está na instituição e gosta do serviço que é oferecido.

Por isso, crie um plano de ação para continuar nutrindo boas relações com essas pessoas que querem continuar tendo contato com sua marca. Caso não faça isso, elas podem se sentir abandonadas e uma venda futura (uma pós-graduação, por exemplo) pode ser impossível.

3. Faça da sua marca uma lovemark

O estudante quer ter orgulho de estudar onde estuda. Ele quer, ao se formar, falar o nome da IE com alegria. Para isso é preciso que sua equipe faça mais do que apenas atrair pessoas e oferecer cursos de graduação.

Quais são os diferencias da sua marca? Como os estudantes enxergam eles?

As lovemarks (marcas amadas), como a Coca-Cola, Apple, BMW, Ray-Ban, Calvin klein, entre outras, oferecem experiências sensoriais para seus clientes, tem um relacionamento próximo e constantemente geram expectativas.

Só de olhar para o nome dessas marcas que citamos, você já imagina grandes campanhas e novidades acontecendo a cada dia, mas sempre com um atendimento próximo ao cliente e uma sensação de que a marca é uma “amiga” das pessoas.

É isso que sua IE deve buscar: criar oportunidades para surpreender os alunos e gerar intimidade. Reduza a comunicação robótica, faça eventos, crie oportunidades (estágios, pesquisa, extensão).

Nova call to action

4. Aumente a motivação para estudar dos alunos

Ao longo do curso, aquele ânimo dos primeiros períodos acaba sendo deixado para trás e os estudantes passam a ficar estressados e cansados das aulas. Para que eles mantenham aquela mesma vontade de estudar algumas ações devem ser feitas.

Em primeiro lugar, a metodologia de ensino tem que ser observada com cuidado. Já existem modelos bem interessantes que estimulam o aprendizado e colocam o aluno como responsável por seu desenvolvimento.

Esse é o caso da sala de aula invertida. A técnica consiste na união entre aprendizado virtual e presencial, transformando a sala de aula num local de debate e troca de conhecimentos, não mais naquele lugar de aprendizado passivo (aluno sentado e professor falando).

Metodologias dinâmicas, como essa que citamos, e a utilização de práticas omnichannel (vários canais de comunicação simultaneamente) instigam o aluno e o colocam em um constante desafio, o que é benéfico para acabar com a monotonia.

5. Invista em Marketing de Conteúdo de qualidade

O Marketing de Conteúdo é outro aliado na retenção de estudantes. Sua IE pode ter uma equipe focada apenas na produção de materiais relevantes para os estudantes que já são matriculados. Que tal apostar em um blog só para essas pessoas?

Nesse espaço você pode colocar oportunidades de estágio, anunciar eventos, falar sobre festas, competições universitárias, incentivar a criação de Atléticas e Ligas Acadêmicas, liberar editais de iniciação científica, passar informações, dar dicas sobre como ir para festas sem perder o ritmo dos estudos etc.

O importante é focar naqueles conteúdos que os estudantes já consomem normalmente nas redes sociais e em outros blogs, mas com um toque especial e totalmente personalizado para os alunos da sua IE.

6. Crie oportunidades dentro da sua IE

Complementando a proposta de criar conteúdos de qualidade, também é necessário que sua IE crie oportunidades para os estudantes. Quanto mais eventos, iniciativas de projetos e movimentação nas Atléticas Universitárias houver, melhor será o engajamento das pessoas.

Nem todos os estudantes vão se interessar pelas oportunidades que sua IE criar, mas o fato dela proporcionar experiências já é algo incrível e que aumenta o sentimento de orgulho de fazer uma formação nela.

Por isso, busque parcerias com empresas para oferecer estágios, crie ações voluntárias, convide os coordenadores dos cursos para proporem eventos especiais para cada área (mas sem deixar nenhuma graduação de fora!), deixe um espaço reservado para as Atléticas e dê suporte, e assim por diante.

Pense em estratégias para deixar o estudante mais tempo na sua IE, fazendo atividades produtivas.

Mesmo seguindo todas as dicas que temos, existe um pensamento que você e sua equipe sempre precisam ter em mente: a retenção de alunos acontece por meio do relacionamento com a marca. Então, o foco é na criação de uma experiência personalizada para os estudantes.

Nesse trabalho, o e-mail Marketing é uma ótima ferramenta que também pode ser usada pela sua equipe. Leia nosso post conheça 7 dicas de como criar e-mail de retenção de alunos e coloque mais essa estratégia em seu repertório!

Veja como criar e-mails para retenção!

  
Stories_mkt4edu_Aprenda-a-captar-alunos-com-inbound-marketing

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Tecnologias que usamos

Hubspot
logos tech-02
logos tech-03
logos tech-04
logos tech-05
logos tech-06