<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=332593&amp;fmt=gif">

Retenção de alunos: educar, engajar e fidelizar!

Gustavo Goncalves

Existe uma máxima no marketing educacional que diz que investir na retenção de alunos é mais barato do que conquistar novos estudantes. Você provavelmente já ouviu isso, mas um estudo divulgado na revista Harvard Business Review vai além dessa afirmação.

Segundo o artigo, expandir a retenção dos clientes em 5% pode representar um aumento de 25% a 95% no faturamento da empresa. Somente esse número deveria ser suficientes para que as instituições de ensino valorizassem mais os alunos que já possuem, mas nem sempre isso acontece.

Para entender melhor o que é retenção e como fazer isso na prática é preciso conhecer os tipos de alunos, entender o papel da análise preditiva na educação e criar um planejamento de marketing educacional voltado para o público interno.

Quer saber mais sobre isso? Então continue a leitura!

reter alunos

O que é retenção de alunos?

Como o próprio nome diz, reter é a capacidade de segurar, manter os alunos dentro da instituição. Apesar de parecer lógico, muitas vezes o esforço (e o orçamento) dos estabelecimentos de ensino está mais focado na aquisição de novas matrículas do que na manutenção dos alunos já matriculados.

Um estudo realizado pelo Ministério da Educação comprovou um aumento de mais de 30% no abandono de cursos superiores entre 2010 e 2014. Fatores como a crise econômica e a ineficiência do Ensino Médio brasileiro certamente influenciam nesses números, mas será que as instituições também não estão fazendo algo errado quanto à retenção de alunos?

Nova call to action

De maneira resumida, retenção de alunos é o conjunto de ações e esforços que a instituição de ensino faz para manter os alunos matriculados desde o momento em que fazem a matrícula até quando recebem o tão sonhado diploma. Mas, como fazer isso na prática?

Como reter alunos na prática?

A retenção de alunos é um processo que demanda informações precisas, conhecimento, ferramentas e ação. E o primeiro passo para implementar iniciativas realmente eficientes é ouvir o que eles têm a dizer, principalmente quanto à infraestrutura e ao corpo docente.

Afinal, de nada adianta criar campanhas lindas e bem feitas se as cadeiras da sala de aula estão quebradas, ou se o conteúdo programático está desatualizado. Portanto, crie canais de comunicação realmente eficientes para dialogar com seus alunos.

Entenda os motivos da desistência

Outro público que você deve ouvir são os ex-alunos que abandonaram o curso antes da conclusão. Questione os motivos que os levaram a deixar de estudar em sua instituição e analise os dados para entender quais são os principais fatores de desistência.

De maneira geral, podemos apontar os seguintes aspectos como principais inimigos da retenção de alunos:

Fator econômico

Muitos alunos abandonam a graduação simplesmente por não conseguir arcar com as mensalidades em dia. Cabe, então, à instituição, encontrar maneiras de ajudá-los a concluir o curso. Facilidades no pagamento, concessão de bolsas e oferta de estágios são boas opções para lidar com esse cenário.

Desempenho acadêmico

Outro fator que pode levar o estudante a abandonar a graduação são as notas baixas. Nesse caso é preciso oferecer todo o suporte necessário, como grupos de estudo, monitoria, reforço das aulas via EAD, dentre outros. Vale, também, contar com profissionais capacitados para orientar o aluno no início de carreira e ajudá-lo a entender se o curso escolhido é realmente o certo para ele.

Localização da instituição

A localização também pode ser um fator decisivo na retenção de alunos. Isso porque questões como a falta de linhas de ônibus que vão até a instituição, a dificuldade de estacionar e até mesmo a distância com o local de residência do seu público-alvo podem fazê-los desistir da graduação.

Busque entender o problema para pensar em soluções plausíveis. Uma boa sugestão é conversar com alunos que tenham muitas faltas e atrasos para listar os motivos e entender o que a instituição pode fazer.

Situação do mercado de trabalho

Finalmente, a empregabilidade. Ao ver colegas e veteranos lutando para conseguir empregos (e a maioria não obtendo sucesso na busca), o aluno pode questionar a situação do mercado e abandonar a graduação. Busque parcerias com empresas e órgãos oficiais, divulgue vagas na instituição e procure contratar "pratas da casa" sempre que possível.

Vale lembrar que, apesar de serem maioria, esses fatores não ilustram necessariamente a realidade da sua instituição. Por isso, faça pesquisas, questione ex-alunos e busque consolidar o maior número de informações possível antes de tomar uma decisão.

Veja também:

A análise preditiva na educação

Analisar todas essas informações pode levar muito mais tempo e dinheiro do que a sua instituição dispõe. Por isso, contar com a tecnologia pode ser uma boa opção. A implementação de uma Inteligência Artificial capaz de avaliar todas as variáveis que citamos acima pode contribuir para dados mais precisos e em menos tempo.

Existem diversas ferramentas que cumprem esse papel. Mas, mais do que ter as ferramentas é o saber utilizá-las e avaliar os resultados obtidos. Por isso, considere a possibilidade de contar com uma empresa especializada para ajudá-lo a melhorar sua retenção de alunos.

Ferramentas de engajamento para retenção de alunos

Ferramentas como o e-mail marketing são muito importantes para um projeto de retenção de alunos. Por meio delas você consegue dialogar diretamente com seu público e criar ações de engajamento para que se envolvam com a marca e com o espaço onde estudam.

Seu time de marketing pode, por exemplo, criar segmentações de e-mail para conversar diretamente com alunos de um determinado curso. Você pode, também, analisar os números para descobrir em qual período os estudantes mais abandonam os estudos e criar uma lista segmentada.

Nessa lista poderão ser abordados assuntos como oportunidades de trabalho, incentivos para concluir a graduação, para buscar uma pós e até mesmo casos de ex-alunos que terminaram os estudos e conseguiram alcançar o sucesso profissional. Dados e criatividade trabalhando juntos em função da retenção de alunos!

O papel das redes sociais

Por falar em ferramentas é fundamental que a instituição aprenda a utilizar as mídias sociais, como Facebook, Instagram e Linkedin, na fidelização dos alunos. Elas são muito importantes para criar um senso de comunidade e, principalmente, ouvir o que os alunos têm a dizer.

O monitoramento de redes sociais também é importante, já que as ferramentas conseguem consolidar por meio de palavras-chave o que os diversos públicos falam sobre a sua marca de maneira espontânea, em grupos ou em suas próprias "linhas do tempo".

Quer conversar mais sobre a retenção de alunos? Então entre em contato com os especialistas da MKT4EDU e tire todas as suas dúvidas! 

Contato Mkt4edu

 

  
CONHEÇA A NOSSA BIBLIOTECA DE CONTEÚDOS
 
Stories_mkt4edu_Aprenda-a-captar-alunos-com-inbound-marketing

Assine para receber os melhores conteúdos sobre marketing educacional!

Mais Posts

Saiba mais sobre nós

Tecnologias que usamos

O mundo muda o tempo todo e com a tecnologia não é diferente! Aqui na Mkt4Edu, tecnologia está no nosso DNA, trabalhamos com diversos softwares diferentes para fazer todo o processo de automação e inteligência artificial funcionar com mais eficiência e alcançar mais resultados.

Aqui, novos softwares são testados o tempo todo. Ferramentas modernas e novas funcionalidades são testadas a todo momento, já foram mais de 200 testes para que você possa ter o melhor resultado na sua instituição.

Biblioteca de Conteúdos

EBOOK-MOCKUP-SEM-SOMBRA_Hubspot-Manual-das-principais-funcionalidades-da-plataforma
HubSpot: manual das principais funcionalidades da plataforma
 
Entenda como uma das ferramentas mais conhecidas no mundo e autodenominada "poderosa, mas não opressora" pode te ajudar a otimizar tempo com atividades manuais e fazer com que o seu time preste atenção naquilo que realmente importa: o cliente.
EBOOK-MOCKUP-SEM-SOMBRA_Inteligência-Artificial
Inteligência Artificial: A transformação do Marketing Digital na educação
 
Veja como a tecnologia impacta diretamente nas estratégias e resultados do Marketing Digital!
EBOOK-MOCKUP-SEM-SOMBRA_Branding-Educacional - como-construir-uma-marca-de-valor
Branding educacional: como construir uma marca de valor?
 
Não perca mais tempo dentro da sua instituição de ensino e saiba como apresentar seus diferenciais para construir uma marca de valor no mercado educacional.

Se ainda precisa de mais informações, deixe o seu contato que um de nossos Consultores fará contato com você!